BLOG

BLOG e NOTÍCIAS

Blog Single Image

5 dicas de como usar redes sociais para turbinar sua carreira profissional

Todo mundo já ouviu frases parecidas com esta: “Cuidado com o que você posta no Facebook, pois seu futuro chefe pode não gostar de alguma coisa”. E por mais que você queira achar que não, as redes sociais realmente podem influenciar bastante a sua carreira profissional — principalmente pelo fato de elas representarem muito mais de você do que você imagina que elas representam.
Mas será que existe alguma forma de utilizar as redes sociais e ainda assim permanecer com a imagem profissional intacta. Existe sim, sendo muito mais fácil do que você imagina. Para entender um pouco mais sobre isso, confira agora mesmo as dicas que trouxemos para que você sempre consiga usar as redes sem comprometer o seu futuro nas empresas em que sempre sonhou em trabalhar.
1. Tenha bons contatos
Você tem muitos amigos no Facebook? Todos os seus amigos do Facebook estão conectados ao seu LinkedIn? Pois lembre-se que ter muitos contatos não significa ter bons contatos. Quando falamos do mundo profissional, é precisos sempre ter bem clara a ideia de que o networking funciona muito melhor em uma escala qualitativa do que quantitativa. Ou seja: ter conexões relevantes conta muito mais pontos.
2. Valorize suas conquistas
São poucos que gostam de pessoas egoístas e sem humildade, mas no mundo profissional é preciso valorizar suas próprias conquistas — com uma certa dose de moderação, é claro. Pois aproveite o espaço que você tem para ser ouvido e mostre quais são os seus melhores trabalhos, reúna suas conquistas e valorize o seu trabalho. Isso pode contar muitos pontos no desempate de vagas.
3. Construa a sua marca
Além de valorizar suas conquistas, também é muito importante criar novos caminhos para o futuro. Construir a sua marca nas redes sociais é algo que pode ser um grande negócio para quem está pleiteando novas vagas, por exemplo. Faça publicações com conteúdo, participe de debates com contundência e mostre que você é realmente referência nos assuntos em que se especializou.
4. Fuja de debates sem fundamentos
Nós acabamos de dizer que é importante participar de debates, não é mesmo? Pois é vital que você só faça isso quando estiver em grupos relevantes e postagens com discussões de alto nível. Brigas passionais — por qualquer que seja o assunto — não trazem bons frutos para as marcas pessoais. É sempre importante se lembrar desse tipo de informação.
5. Lembre-se que você está sendo observado
O que as pessoas encontram quando buscam o seu nome no Google? O seu perfil no Facebook, no Twitter e publicações em que você foi protagonista como escritor ou entrevistado, por exemplo. Pois lembre-se que é exatamente nesses locais que seus recrutadores vão encontrar informações sobre você. Será que você contrataria alguém que possui péssimas referências nesses locais?

 

Fonte: TecMundo

COMENTÁRIOS